Acabamento para apartamento: 5 dicas para escolher os melhores

Acabamento para apartamento: 5 dicas para escolher os melhores
21 de janeiro de 2019 Lattufe

1. Acabamento para o piso

Os revestimentos para piso passam por diversas transformações ao longo dos anos, trazendo opções para todos os gostos.

Nos dias de hoje, com o avanço das tecnologias, é possível imprimir qualquer textura ou imagem em alta resolução em um porcelanato. Além de apresentar boa durabilidade e resistência, consegue imitar perfeitamente qualquer tipo de material, tornado-se uma alternativa bastante interessante.

O porcelanato também surge como uma boa opção para quem é amante da madeira, mas busca um piso mais resistente. No Brasil, o tom preferido é o mais avermelhado e escuro, enquanto as tonalidades mais claras possuem pouca aplicação no mercado nacional.

Já que estamos falando em madeira, é interessante destacar a sensação de acolhimento e conforto trazida por este material, geralmente utilizada nos quartos e nas salas. No entanto, devido ao seu preço mais elevado, muitas pessoas terminam escolhendo opções com um melhor custo-benefício, como os laminados e o próprio porcelanato, conforme destacamos no parágrafo anterior.

Na cozinha, o cimento queimado vem sendo também uma grande tendência de mercado, devido ao aumento da utilização da decoração em estilo industrial nas residências. No entanto, é importante se atentar à qualidade do material utilizado, além de verificar se o profissional contratado para o serviço possui técnica e experiência no assunto.

Por fim, para quem ama exclusividade e quer dar aquele toque personalizado para o seu lar, os ladrilhos são uma boa opção, pois podem ser desenhados sob medida.

2. Texturas de parede

Uma forma de realizar um acabamento especial em seu apartamento é a utilização de massa corrida para criar texturas diferentes e criativas nas paredes. Nesse aspecto, hoje em dia é possível encontrar diferentes tipos de pigmentação e materiais que, aplicados na parede e queimados, conseguem adquirir os aspecto de mármore.

No quesito cor, o que está em alta voga atualmente são as pinturas não homogêneas, ou seja, a utilização de um padrão geométrico com duas ou mais tonalidades, ou mesmo ambientes que possuem diversas cores.

Agora, quando falamos em revestimentos para paredes, uma tendência que está em alta no mercado são os azulejos subway tiles ou, como o próprio nome já indica, aqueles que possuem como referência as estações de metrô londrinas. Eles podem ser brancos ou até mesmo coloridos, mas seu formato é pequeno e retangular e pode ser utilizado tanto na cozinha quanto no banheiro.

3. Moldura de isopor

As molduras de gesso são bastante utilizadas para dar acabamento, tanto no teto quanto nas paredes da casa, e são ótimas alternativas para esconder imperfeições e quinas. No entanto, o que muitas pessoas não sabem, é que as molduras de isopor podem apresentar os mesmos resultados.

Além de serem mais práticas, as molduras de isopor sujam menos o ambiente na hora da instalação. Elas são fixadas por meio de massa corrida, depois são lixadas e pintadas de acordo com o ambiente, para que a harmonia seja sempre mantida.

4. Iluminação

No setor de iluminação, é possível encontrar novidades para os mais diversos gostos e bolsos.

Algo que vem se tornando comum nas residências da atualidade são os projetos em paralelo com a decoração em estilo industrial, em que as tubulações ficam expostas, além de luminárias que dividem o espaço de protagonistas com as lâmpadas, cordões de luz e o neon, bastante utilizados nos apartamentos mais modernos.

Outra dica fenomenal é: ao invés de realizar obras que requerem mudanças na estrutura do apartamento, como a laje, por exemplo, é muito mais prático, rápido e econômico colocar pontos de luz no forro — que pode ser de gesso ou de isopor —, fazendo com que o ambiente fique mais aconchegante, sem precisar investir em obras ou gastar rios de dinheiro.

5. Metais e louças

A cada ano que passa, esse setor vai além da tecnologia e acaba optando mais pelo lado da arquitetura e da forma. As torneiras, louças e todos os demais acessórios das cozinhas e dos banheiros estão se tornando cada vez mais minimalistas, com desenhos personalizados e que ultrapassam os limites do óbvio.

No entanto, não podemos dizer que a tecnologia está ausente nesses equipamentos! Afinal, a indústria tem investido em materiais mais resistentes, com um tempo de vida útil prolongado, com foco em exemplos como tecnologia embarcada para a redução ou retirada de impurezas ou o controle da vazão da água.

Porém, o grande destaque aqui vai realmente para as formas e os materiais de acabamento: o cromado, que antigamente dominava o mercado, está perdendo espaço para outros estilos como o fosco, o dourado, o preto e o mate.

Escolher um acabamento para apartamento não é uma tarefa tão simples assim, e existem diversos fatores que devem ser considerados no momento da escolha. Tenha em mente que você não estará apenas criando ou melhorando um ambiente de convívio, mas, também, investindoe gerando um valor agregado para o seu imóvel.

Por isso, procure sempre por bons acabamentos, com preços que caibam no seu bolso e que tragam mais satisfação e acolhimento para você e para a sua família.

E aí, gostou do nosso post? Agora que você já sabe como escolher o melhor acabamento para apartamento e quais são as tendências e novidades para o seu novo lar, tire suas dúvidas de uma vez por todas sobre a questão: reformar ou vender o seu imóvel? Aproveite e boa leitura!

0 Comentários

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*